Governo do Estado do Rio de Janeiro

Vacinação

Quem deve se vacinar no RJ?

A Secretaria de Estado de Saúde recomenda a vacinação de pessoas a partir dos 9 meses de idade que ainda não tenham recebido nenhuma dose da vacina. A SES solicitou ao Ministério da Saúde que todos os 92 municípios do Rio de Janeiro sejam incluídos na área de recomendação vacinal.

Em todos os municípios, incluindo a capital e a Região Metropolitana, a vacinação está sendo realizada de forma escalonada.

Quem deve passar pela avaliação de profissional de saúde antes de se vacinar contra febre amarela?
  • Indivíduos com mais de 60 anos de idade, em especial os residentes em área com transmissão ativa da febre amarela (casos confirmados em humanos)
  • Gestantes, em especial as residentes em área com transmissão ativa da febre amarela (casos confirmados em humanos)
  • Mulheres que estejam amamentando, em especial as residentes em área com transmissão ativa da febre amarela (casos confirmados em humanos). Aquelas que estejam amamentando bebês de até 6 meses de idade devem suspender a amamentação por 10 dias após a vacinação.
  • Pessoas em condições clínicas especiais.
Quem não deve se vacinar?

Na vacinação implementada pela SES no RJ, a imunização é contraindicada para:

  • Crianças menores de 9 meses de idade
  • Pessoas com imunodeficiência grave causada por doenças ou uso de medicamentos
  • Pessoas que estejam se submetendo a quimioterapia ou radioterapia
  • Transplantados de órgãos sólidos
  • Pessoas portadoras ou com história pregressa de doença do timo, lúpus, doença de Addison e artrite reumatoide.

Crianças menores de dois anos de idade que não tenham sido vacinadas contra febre amarela não devem receber as vacinas tríplice viral ou tetra viral junto com a vacina contra FA. O intervalo entre as vacinas deve ser de 30 dias.

Pessoas com doença febril aguda, com comprometimento do estado geral de saúde, devem adiar a vacinação até o desaparecimento dos sintomas.

CAMPANHA DE FRACIONAMENTO (a partir do dia 25/01)
O efeito da dose fracionada é mais fraco do que o da dose padrão?

 É o mesmo efeito: a pessoa fica completamente imunizada contra a febre amarela. Estudos da Fundação Oswaldo Cruz comprovaram que pessoas que tomam a dose fracionada permanecem imunizados por pelo menos oito anos. A dose padrão é única, protegendo permanentemente contra o vírus.

A vacina vai ser fracionada em todo o estado?

Não. Apenas em 15 municípios da Região Metropolitana:

1) Belford Roxo
2) Duque de Caxias
3) Itaboraí
4) Itaguaí
5) Japeri
6) Magé
7) Mesquita
8) Nilópolis
9) Niterói
10) Nova Iguaçu
11) Queimados
12) Rio de Janeiro
13) São Gonçalo
14) São João de Meriti
15) Seropédica
 

Quem não pode tomar a dose fracionada?

- Crianças entre 9 meses e 2 anos de idade tomam a dose padrão;
- Gestantes, em especial as residentes em área com transmissão ativa da febre amarela (casos confirmados em humanos) tomam a dose padrão;
- Pessoas em condições clínicas especiais tomam a dose padrão;
- Pessoas com comprovante de viagem internacional cuja data seja 10 ou mais dias depois da data da vacinação e que precisem da emissão do Certificado Internacional de Vacinação e Profilaxia (CIVP) tomam a dose padrão, por determinação da Organização Mundial de Saúde.
- Pessoas que apresentem qualquer contraindicação à vacina NÃO podem tomar a dose fracionada nem a padrão.
 

Quem toma a vacina já está protegido na mesma hora?

Não. A imunização completa se dá em torno de dez dias depois da aplicação da vacina.

Quem toma a vacina contra a febre amarela fica protegido por quanto tempo?

Seguindo recomendação da Organização Mundial da Saúde, o Ministério da Saúde adotou os padrões internacionais da dose única. Ou seja: quem toma a vacina da febre amarela no Brasil está imunizado pelo resto da vida.

Quem se vacinou há mais de 10 anos tem que tomar outra dose?

Não é necessário se vacinar novamente.

Que tipo de reação esta vacina pode provocar?

Pode haver reações no local da injeção, além de febre e mal-estar. Reações adversas mais graves são raras.

É preciso evitar fazer movimentos bruscos com o braço depois de tomar a vacina?

Não deve haver nenhuma preocupação com movimentação brusca após a vacinação.

A vacina não pode ser tomada por pessoas com baixa imunidade. Isso quer dizer que quem esteve doente recentemente não deve tomar?

A vacina não é recomendável para pessoas que estão com baixa imunidade, por isso, é importante passar por avaliação médica.

E como avaliar quem tem ou não baixa imunidade? O que acontece se uma pessoa com baixa imunidade tomar a vacina?

Baixa imunidade quer dizer que a defesa do organismo está inferior ao normal. Geralmente, essas pessoas já têm esse diagnóstico feito pelo médico que está fazendo seu tratamento. Normalmente, são pessoas que estão em tratamento de câncer, por exemplo, ou que estão tomando medicamentos imunossupressores, como corticoides com dosagens elevadas.

Quem está tentando engravidar pode tomar a vacina?

Mulheres em idade fértil vacinadas devem evitar a gravidez até 30 dias após a vacinação.

Se a pessoa perdeu o cartão de vacinação, ela pode ir ao posto se vacinar?

Sim.

Hipertensos e diabéticos podem ser vacinados?

Não há contraindicação para hipertensos e diabéticos.

Recém-nascidos também podem tomar a vacina de febre amarela?

Não. Apenas crianças com mais de 9 meses devem tomar a vacina.

Qual é a orientação para quem perdeu o cartão de vacinação e não tem conhecimento da própria situação vacinal?

A recomendação é que a pessoa procure o serviço de saúde que costuma frequentar para tentar resgatar seu histórico. Caso isso não seja possível, a pessoa deve iniciar o esquema vacinal normalmente.

No caso das crianças que precisam se vacinar, quais são os riscos de receber a vacina contra a febre amarela junto com outras vacinas?

A vacina de febre amarela não deve ser aplicada ao mesmo tempo que as vacinas tríplice viral (contra sarampo, rubéola e caxumba) ou tetra viral (contra sarampo, rubéola, caxumba e varicela). Se a criança tiver alguma dose em atraso, ela pode tomar junto com a vacina da febre amarela, com estas exceções citadas – tríplice e tetra viral. Já para as crianças que não receberam nenhuma destas três vacinas e têm que atualizar a situação vacinal, a recomendação é para que recebam a primeira dose contra febre amarela e posteriormente, com intervalo de pelo menos 30 dias, recebam a tríplice viral ou tetra viral.

Onde é possível tomar a vacina?

A vacina é oferecida pelos municípios, através das unidades municipais de saúde (Postos de Saúde, Centros Municipais de Saúde, Policlínicas etc.).

Qual é a documentação necessária para tomar a vacina?

Documento de identificação com foto e se possível carteira de vacinação.

Só quem vai viajar para áreas de risco deve tomar a vacina?

Não. A vacinação está sendo realizada de forma gradativa em todo o estado. Portanto, todos os moradores dos 92 municípios do estado do Rio devem se vacinar.

A vacina gera algum problema para quem vai doar sangue?

O doador de sangue precisa esperar quatro semanas para doar após tomar a vacina da febre amarela. Por isso, é importante que as pessoas doem sangue antes de se vacinar.

Qual a orientação para turistas estrangeiros que visitam as áreas de recomendação de vacina no Rio?

A partir de 4 de abril de 2017, a OMS passou a recomendar a vacinação contra febre amarela para turistas estrangeiros que visitem o Estado do Rio de Janeiro, incluindo as áreas urbanas.

Se a pessoa tomar a vacina e logo depois ingerir álcool, terá algum problema?

Não. Não há problema de associação de álcool com a vacina.

É preciso estar em jejum (de alimentação ou mesmo bebida alcoólica) para tomar a vacina?

Não há qualquer recomendação neste sentido.